Acessibilidade

Como uma boa noite de sono pode ajudar a combater o Coronavírus

Além das medidas de prevenção direta, como isolamento social, higienização constante das mãos e o uso correto de máscaras caso seja necessário sair de casa, manter a imunidade alta também é uma das maneiras de se proteger do novo coronavírus.

Dormir bem é importante, pois enquanto repousamos nosso corpo produz a chamada melatonina, conhecida como o hormônio da noite, que é um hormônio antioxidante que combate os radicais livres que agridem o organismo e regula o momento de dormir. 

Uma boa noite de sono também contribui para a reparação das células que ficam expostas a situações como estresse, poluição e outros elementos prejudiciais à saúde.

Segundo um estudo brasileiro sobre o impacto do sono na eficácia da vacina contra a hepatite A, pessoas com privação de sono tiveram uma resposta reduzida pela metade quando vacinadas em relação ao grupo que dormiu bem. 

Além disso, pesquisas comprovam que pessoas que dormem menos do que o necessário ficam mais vulneráveis a infecções respiratórias. 

Algumas dicas básicas para ter uma boa noite de sono:

  • Não consumir bebidas e alimentos que tenham cafeína, como por exemplo: café, chás e chocolates. Pelo menos 4 horas antes de dormir;
  • Tentar dormir sempre no mesmo horário;
  •  Evitar bebidas alcoólicas, pois elas podem irritar o estômago, além de fazer com que as pessoas levantem mais vezes para ir ao banheiro;
  • Comer até três horas antes de ir para a cama para que a digestão possa ser feita completamente antes de dormir.

Só temos que lembrar que cada pessoa precisa de uma quantidade mínima de horas de sono diferente, o importante é estar sempre revigorado no dia seguinte.

Artigos relacionados

Receba as nossas
novidades por e-mail

Este site é protegido pelo reCAPTCHA e se aplicam a Política de Privacidade e os Termos de Uso do Google.